6 coisas que você precisa saber sobre o hoverboard infantil

Home / Scooter Elétrica / 6 coisas que você precisa saber sobre o hoverboard infantil

hoverboard infantil
22 nov, 2022

O hoverboard infantil é um dos brinquedos que virou febre entre a criançada e, por mais que tenha aparência similar à versão adotada pelos adultos, a verdade é que esta versão possui particularidades que nem todo mundo conhece.

Diferente do que acontece com os adultos, que costumam adotar o hoverboard como um rápido e prático meio de locomoção, o hoverboard infantil é um recurso para entreter e divertir os pequenos.

Transportes não poluentes: quais são e por que usá-los?

Hoverboard: o que é, como funciona, preço, riscos, cuidados e mais

Ainda assim, uma série de fatores deve ser observada na hora de escolher e adquirir um hoverboard infantil. E é justamente isso que você verá nesse artigo.

Confira, a seguir, 6 importantes coisas que você precisa saber sobre este dispositivo para não oferecer riscos à sua criança:

1. Hoverboard infantil é um dispositivo de entretenimento

Por mais que o skate elétrico venha ganhando espaço no Brasil como um meio de transporte, é preciso destacar que o hoverboard infantil não passa de um dispositivo de entretenimento.

Isso significa que, apesar de tantas funcionalidades, ele é visto apenas como um brinquedo tecnológico pelo público infantil.

Inclusive porque costuma atingir velocidade inferior à versão adotada pelos adultos, de 5km/h a 8km/h contra os 20km/h que são alcançados pelos modelos dos mais crescidos.

Já para muitos pais, o hoverboard infantil ainda é visto como um excelente recurso para distanciar a criançada dos eletrônicos, sem precisar abrir mão da tecnologia para se divertir.

Sem contar que ele ainda proporciona tempo ao ar livre e que a criança treine o equilíbrio, a concentração e quem sabe até se exercite.

Veja também: Hoverboard para quem faz academia: descubra como usá-lo nos treinos

2. É manobrado com facilidade pelas crianças

hoverboard infantil

Além de portátil, outra grande vantagem do hoverboard infantil é que ele é muito fácil de ser usado

Você já deve ter ouvido falar que as crianças aprendem tudo muito rápido, não é mesmo? E não seria diferente com o hoverboard infantil.

Por mais que ele tenha surgido há relativamente pouco tempo, no Brasil, a criançada não costuma ter qualquer dificuldade para manobrá-lo.

Isso porque seu funcionamento é bastante intuitivo. Então, mesmo quem nunca andou em um hoverboard, não enfrentará grandes dificuldades para usá-lo.

Apesar de não possuir barra central de apoio, como acontece no patinete, ele é composto por uma prancha relativamente larga, que permite acomodar os pés com tranquilidade.

O equipamento conta, ainda, com duas rodas motorizadas, um conjunto de sensores que faz a leitura da inclinação do corpo do usuário para se movimentar e o giroscópio, que controla sentido e velocidade.

Ou seja, ao movimentar suavemente o corpo, o hoverboard infantil automaticamente se move para frente ou para trás, faz curvas, reduz a velocidade e para, com toda estabilidade necessária garantida.

3. Existe idade mínima para utilizar o hoverboard infantil

Na internet, é possível encontrar com facilidade vídeos de crianças bem pequenas andando em hoverboards.

Mas o que nem todo mundo sabe é que o equipamento é indicado apenas para crianças com mais de 12 anos de idade.

Tal recomendação leva em conta tanto o perfeito funcionamento do hoverboard, já que o sensor pode não conseguir captar os movimentos de crianças menores, quanto o risco de acidentes.

Por outro lado, há uma outra referência que pode ser adotada: o peso. Se a criança tiver menos de 12 anos, mas pesar mais de 40kg, talvez seja possível abrir uma exceção.

Isso porque o peso é um critério determinante para o funcionamento do hoverboard infantil, já que sua movimentação é condicionada à pressão que o corpo exerce na estrutura.

Vale destacar que também existe uma indicação geral de peso máximo, que é de 100kg, mas há modelos que suportam até 120kg ou 130kg.

4. Não deixe de averiguar os requisitos de segurança

Para quem está pensando em adquirir um hoverboard infantil, a segurança é um item indispensável.

Portanto, nunca compre um equipamento desses considerando apenas o seu baixo preço.

Apesar de ainda não existir órgão brasileiro que faça o controle de qualidade ou a regulamentação do hoverboard, há outros requisitos de segurança para serem observados.

Para começar, observe se existe algum certificado de segurança, como a certificação americana da Comissão de Segurança de Produtos de Consumo (CPSC) ou a UL 2272.

O próprio Inmetro recomenda adquirir produtos de fabricantes reconhecidos e confiáveis, obtidos em lojas legalmente representadas no Brasil.

Também é importante analisar se o hoverboard infantil conta com uma bateria de qualidade para evitar superaquecimento e, consequentemente, riscos de incêndio e/ou explosão.

Baterias elétricas: o futuro da mobilidade sustentável e econômica

E não deixe, ainda, de averiguar a segurança elétrica no carregamento do produto

5. Alguns parâmetros devem ser avaliados na hora de escolher o hoverboard infantil

hoverboard infantil

Altura e peso são fatores que impactam diretamente na escolha do melhor hoverboard infantil para cada criança

O peso e a altura da criança são os parâmetros que mais vão influenciar na escolha do hoverboard infantil. Contudo, eles não são os únicos.

Na hora de comprar um hoverboard, é preciso analisar critérios como potência e velocidade máxima a ser atingida, por exemplo.

Quanto menor a criança, menor devem ser potência e velocidade. Já as crianças maiores, com mais de 12 anos de idade, preferem os modelos mais potentes, inclusive os que são utilizados pelos adultos.

O diâmetro da roda também vai impactar na locomoção.

Enquanto rodas menores são recomendadas para superfícies lisas, as maiores já permitem andar na terra e outros terrenos irregulares.

É importante, ainda, observar o peso do hoverboard infantil para constatar se a criança tem condições de carregá-lo sozinha ou não.

Saiba mais: Como escolher hoverboard: 11 aspectos para observar

6. Invista em equipamentos de proteção

Ainda falando sobre segurança, apesar de o hoverboard infantil parecer um equipamento inofensivo, acidentes podem sim vir a acontecer sob o skate elétrico.

Entre os principais estão quedas, lesões, contusões, entorses, distensões e até mesmo fraturas.

Portanto, é imprescindível proteger a criança com itens como capacete, cotoveleira, joelheira, luvas, entre outros, para minimizar os riscos.

Também é importante orientar a criança para evitar utilizá-lo em vias irregulares, sejam ruas ou calçadas, e também em terrenos íngremes.

E, ainda, aguardar o equipamento parar completamente para só depois descer dele.

Posts recentes

Acessórios para scooter elétrica: tudo o que você precisa

Acessórios para scooter elétrica: tudo o que você precisa

fevereiro 21, 2024
Scooter por assinatura: conheça esta modalidade

Scooter elétrica por assinatura: conheça este modelo

fevereiro 20, 2024
Bicicleta elétrica em Goiânia: 10 motivos para ter a sua

Bicicleta elétrica em Goiânia: 10 motivos para ter a sua

janeiro 09, 2024

Tags

Você também vai gostar de ler