Como escolher hoverboard: 11 aspectos para observar

como escolher hoverboard

17.06.2022 | Por: administrador

Voltar

Está pensando em comprar um skate elétrico, mas não sabe como escolher hoverboard? Confira 11 itens que você não pode deixar de observar na hora de adquirir o seu.

O famoso skate elétrico vem ganhando cada vez mais adeptos, mas ainda assim é considerado novidade no mercado. Logo, muitas pessoas ainda têm dúvidas sobre como escolher hoverboard.

Quais características devem ser observadas na hora de adquirir um equipamento desses? Você tem ideia? Pois não há com o que se preocupar. Neste artigo, você verá 11 pontos que devem ser analisados quando for comprar o seu.

Vamos lá?

Como escolher hoverboard?

Se você tem dúvidas sobre como escolher hoverboard, precisa saber que diferentes aspectos devem ser considerados na hora de adquirir este equipamento.

Entre eles, estão: dimensão, ângulo de inclinação, potência, autonomia, capacidade de peso, resistência, carregamento e qualidade da bateria.

Neste artigo, você entenderá o que deve ser observado em cada um desses quesitos para garantir um melhor funcionamento do hoverboard e, sobretudo, a segurança do usuário.

Veja também: Equipamento de mobilidade individual autopropelido: o que é e como funciona?

1. Dimensão

Vamos começar pela dimensão do equipamento. Atualmente, os modelos existentes no mercado têm de 6 a 10 polegadas.

O que nem todo mundo sabe é que, para escolher o tamanho mais adequado, é preciso considerar como e onde o hoverboard será utilizado.

Para quem pretender utilizar o skate elétrico apenas em locais planos e asfaltados, seja para diversão ou locomoção, os modelos com até 8 polegadas dão conta do recado.

Contudo, para os mais aventureiros que desejam enfrentar terrenos mais acidentados, estradas de terra e/ou areia, é preciso investir em um modelo off-road.

Esta versão possui entre 8 e 10 polegadas e, portanto, é mais larga e pesada, contando assim com uma maior tração, atributo indispensável para garantir a segurança do usuário.

2. Peso máximo suportado

O peso máximo suportado também é outro quesito que não pode ser desconsiderado. No geral, os hoverboards suportam até 120kg, mas existem modelos que chegam a 130kg.

Se este limite não for respeitado, além de reduzir significativamente a autonomia e vida útil do equipamento, até mesmo acidentes podem acontecer.

O que nem todo mundo sabe é que alguns modelos também indicam um peso mínimo, que geralmente gira em torno de 20kg.

E sabe por que isso acontece? É o que veremos no tópico a seguir.

3. Idade mínima

como escolher hoverboard

Hoverboards são indicados para crianças com 12 anos ou mais

Você sabia que também existe idade mínima para utilizar o hoverboard? No geral, o equipamento costuma ser indicado para crianças com 12 anos ou mais.

Esta limitação considera o peso mínimo que mencionamos anteriormente.

Isso porque, como o hoverboard funciona a partir da pressão exercida pela distribuição do peso nos eixos no equipamento, o sensor pode não conseguir captar os movimentos de crianças menores.

4. Como escolher hoverboard: atente-se à sua portabilidade

Além da dimensão, o peso do equipamento é outro fator que afeta na sua portabilidade, um quesito muito importante para quem precisará transportar o equipamento manualmente.

Sobretudo para aqueles que andam parte do trajeto no hoverboard e o restante em transporte público, por exemplo.

Há modelos no mercado que chegam a pesar 12kg, mas também existem opções mais leves que giram em torno de 7kg.

Portanto, não deixe de observar se o equipamento é leve e realmente portátil.

5. Angulação

Um detalhe importantíssimo que poucas sabem é que a angulação do hoverboard não é necessariamente a mesma em todos os modelos.

Portanto, se você está em dúvidas sobre como escolher hoverboard, precisa avaliar também seu ângulo seguro, que pode variar de 8 a 45º.

Na prática, isso significa que, quanto maior o grau de inclinação, mais mobilidade o usuário terá em suas manobras, já que o hoverboard se movimenta a partir da angulação dos pés.

Consequentemente, isso também ajudará a minimizar as chances de o equipamento fazer movimentos inadequados e de o usuário cair.

6. Potência

A maioria dos hoverboards é equipada com dois motores, que podem ter 250W cada ou até mesmo chegar a 800W.

Para quem irá utilizar o equipamento apenas como uma opção de lazer, os modelos com 300W são suficientes.

Em contrapartida, aqueles que pretendem adquiri-lo para locomoção, esta seria a potência mínima.

A lógica neste caso é: se você deseja ter um melhor desempenho e atingir uma maior velocidade, invista em um hoverboard mais potente.

7. Como escolher hoverboard: observe a velocidade máxima

Você sabia que o Inmetro não considera o hoverboard um brinquedo, tendo em vista que o equipamento pode ultrapassar os 8km/h?

É isso mesmo. A maior parte dos modelos disponíveis no mercado atingem 10km/h ou mais.

Para os iniciantes, um hoverboard com velocidade máxima de até 15km/h é o ideal, inclusive para evitar acidentes.

Já para os mais experientes, há modelos que podem atingir até 20km/h, lembrando que a velocidade é controlada a partir da postura do usuário.

8. Autonomia

como escolher hoverboard

Autonomia é um item indispensável para quem deseja usar o hoverboard na locomoção do dia-a-dia

A autonomia do hoverboard consiste na quilometragem que o equipamento consegue percorrer com apenas uma carga.

Portanto, se você pretende utilizá-lo para locomoção do dia-a-dia e ainda não sabe como escolher hoverboard, esta é uma questão que você precisa se atentar.

Geralmente, os skates elétricos apresentam autonomia mínima de 8km. Contudo, o mais indicado é optar por um modelo que garanta pelo menos 10km de deslocamento.

Mas não há motivos para desanimar porque também existem opções com autonomia de até 20km.

Lembrando que alguns fabricantes indicam esta autonomia em minutos, geralmente de 90min.

E um adendo: não podemos deixar de considerar que o peso do usuário, o tipo de terreno e até mesmo acessórios extras poderão impactar nesta autonomia.

Por exemplo, quanto mais pesada a pessoa for, menos agilidade o hoverboard terá e, portanto, menor será a distância percorrida.

9. Resistência

Não deixe de observar também se o hoverboard desejado é resistente à poeira e água. Mas, aqui, cabe um alerta.

Por mais que o fabricante indique tal resistência, isso não significa que você pode sair por aí passando por poças de água e pegando chuva.

O hoverboard possui componentes elétricos que podem ser danificados se ficar sob constante exposição de água ou poeira.

10. Como escolher hoverboard: avalie qualidade e tempo de carregamento da bateria

Apesar de a bateria aparecer só no fim, podemos dizer que este é um dos aspectos mais importantes, não apenas no que diz respeito à autonomia, mas sobretudo à segurança.

Então se você deseja saber como escolher hoverboard, comece avaliando o tempo de carregamento da bateria.

Geralmente, o tempo médio de carregamento indicado pelo fabricante vai de uma a quatro horas. No geral, o ideal é avaliar se o tempo de carga é superior ao tempo de autonomia.

Por exemplo, um hoverboard que demanda quatro horas para atingir a carga completa e tem autonomia de 90min, vai ficar mais tempo na tomada do que em uso.

Isso pode ser um complicador para algumas pessoas, não é mesmo? Vale a pena também investir em modelos que já vêm com o indicador de bateria no painel para facilitar a vida.

Veja também: Baterias elétricas: o futuro da mobilidade sustentável e econômica

11. Segurança

Por fim, outro aspecto fundamental para quem deseja investir em um hoverboard: a segurança.

No que diz respeito à bateria, é preciso ter em mente que baterias de baixa qualidade podem acabar superaquecendo durante o uso do hoverboard e o equipamento pode, inclusive, pegar fogo.

Então, não deixe de comprar o hoverboard de um fabricante confiável, principalmente porque o equipamento ainda não é regulamentado e nem possui controle de qualidade por nenhum órgão brasileiro.

Outro item que contribui diretamente para a segurança do usuário são as luzes de LED, que podem aparecer na parte frontal e traseira do equipamento para alertar os demais veículos que tem um hoverboard na pista.

Viu só como escolher hoverboard não é uma tarefa tão simples quanto parece?

Posts Relacionados

onde pode andar com moto elétrica
  • Data: 02.07.2022
  • Por: Por: administrador

Onde pode andar com moto elétrica? Descubra!

Rodovia, ciclovia, vias de trânsito rápido, ciclofaixa? Afinal, onde pode andar com moto elétrica? E também com scooter elétrica? É o que você descubrirá neste artigo.

Saiba Mais