Quanto custa carregar uma scooter elétrica? Aprenda a calcular

Quanto custa carregar uma scooter elétrica?

10.11.2021 | Por: administrador

Voltar

Você sabe quanto custa carregar uma scooter elétrica? A verdade é que depende de alguns fatores, mas ensinamos você a calcular.

Tempo de leitura: 6 minutos

A eletromobilidade ainda é um assunto novo e traz muitas dúvidas. Em tempos de combustível nas alturas, quem cogita um meio de transporte elétrico se pergunta: quanto custa carregar uma scooter elétrica.

Afinal, é uma das variáveis que devem entrar na análise antes de adquirir uma moto elétrica. 

Já vimos aqui no blog mesmo os prós e contras de ter uma scooter elétrica, mas não abordamos especificamente o custo para “abastecer” a motinha.

Uma coisa é certa:

É preciso desmistificar essa onda de que tudo que envolve a mobilidade elétrica é caro e inacessível. 

Para falar a verdade, inacessível mesmo está sendo pagar mais de R$ 7 na gasolina e ainda prejudicar o meio ambiente. 

Como economizar combustível: 7 dicas que, provavelmente, você não sua.

Mas se você chegou até aqui, certamente passa pela sua cabeça migrar para outros tipos de transportes, como a scooter.

Mas, então, quanto custa carregar uma scooter elétrica? Economiza combustível, mas engorda a conta de luz? 

Continue na leitura e descubra!

Quanto custa carregar uma scooter elétrica: entenda as variáveis

Eu sei que você gostaria de uma resposta objetiva: carregar uma scooter elétrica custa x reais. 

Mas isso é impossível. Isso porque entram neste cálculo algumas variáveis, como, por exemplo:

  • Modelo da scooter
  • Potência do motor
  • Potência da rede elétrica
  • Valor do KW/h da região
  • Impostos
  • Adicional de bandeira tarifária
  • Voltagem

Portanto, para saber exatamente quanto custa carregar uma scooter elétrica é necessário usar um aparelho chamado wattímetro, que é um medidor digital.

Caso você não tenha este aparelho, dá para saber quanto custa carregar uma scooter elétrica “manualmente”.

Para isso, você deve multiplicar o número de Watts, que está especificado no carregador da scooter, pelo tempo em que ela ficará ligada na tomada, chegando então ao valor em quilowatt-hora (kWh).

Vamos imaginar, por exemplo, uma scooter elétrica com potência de 1.200 w. Se ela ficou carregando por 4 horas, temos que o gasto de energia foi de 4,8 KW/h.

O preço do kWh é determinado pela ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) e varia de estado para estado. Esse valor pode ficar entre R$ 0,50 e até ultrapassar R$ 1, dependendo da região.

Para simplificar, vamos usar de exemplo uma taxa de R$ 0,50.

Então temos que o custo para carregar uma scooter elétrica de 1200 w, por 4 horas, com um preço do KW/h de R$ 0,50, é de R$ R$ 2,40. A conta nada mais é que multiplicar o valor da taxa pelo valor do KW/h que você descobriu ao fazer a conta que ensinamos. 

O gasto de energia da scooter compensa?

Ok, agora que você já sabe quanto custa carregar uma scooter elétrica, com base no exemplo que demos acima, você pode estar se perguntando quantos quilômetros você consegue rodar ‘abastecendo’ uma única vez.

Mas essa também é uma pergunta que a resposta depende do modelo da scooter. A autonomia das scooters elétricas varia de 30 a 50 km, mas, em alguns casos, pode ultrapassar os 80 quilômetros.

Veja mais:

Autonomia da scooter: confira a ficha técnica de 5 modelos
Scooter elétrica pode andar em rodovia?

Agora imagine você circular 50 quilômetros gastando apenas R$ 2,40?! Bem melhor que pagar mais de R$ 7 no litro da gasolina, não é?

Quanto você gastaria de gasolina para percorrer os mesmos 50 quilômetros?

Mesmo que você carregue a sua scooter elétrica mais vezes durante a semana, ao final do mês o gasto de energia ainda é vantajoso. 

Vamos supor que você a carregue 3 vezes na semana. Em um mês, terá carregado 12 vezes, a R$ 2,40 por vez. Sua scooter terá custado R$ 28,8 de energia. 

Qual é seu gasto de combustível mensal? Faça as contas você mesmo!

O que faz o carro gastar mais combustível? 8 hábitos comuns.

Como carregar a sua scooter elétrica?

Não existe muito segredo ou técnica para carregar a scooter elétrica, mas é preciso seguir alguns cuidados para que o procedimento seja feito da maneira mais eficiente. 

Você sabia, por exemplo, que ao colocar para carregar você deve primeiro conectar o carregador na bateria e só depois na tomada? E, depois de carregada, tomar os procedimentos contrários, isto é, retire da tomada primeiro e em seguida retire o carregador da bateria.

Veja outros cuidados necessários na hora de colocar a sua scooter para carregar.

 

  • O carregador só pode ser usado dentro de lugares fechados. É proibido carregar em local desprotegido como sol ou chuva. Em caso de não carregar, não conecte o carregador na energia AC sem carga por um longo tempo.
  • Durante o carregamento, se o indicador de luz não estiver normal, poderá ter um odor ou o compartimento do carregador ficará superaquecido. Interrompa o carregamento e repare ou troque o carregador.
  • Não use o carregador em ambiente onde tem gases inflamáveis, caso contrário poderá ter explosões ou chamas. Não coloque o carregador perto de fontes de água ou lugares úmidos, caso contrário, haverá presença de chama ou choque elétricos.
  • Em caso do equipamento estar exposto por causa do estrago causado pelo carregamento ou por colisões e etc., não toque nas partes expostas, isto poderá acarretar em choques elétricos.

 

Além disso, caso necessite armazenar por mais de 1 mês, é recomendável carregar entre 60~80% da carga. A cada 3 meses é necessário haver a recarga.

E antes de utilizar o produto, ou após o armazenamento, é necessário recarregar também.

Quanto custa carregar uma scooter elétrica: o valor da sua tranquilidade

Quando você busca novos hábitos de vida, isso significa buscar um caminho mais tranquilo e prazeroso para o seu dia a dia.

A mobilidade elétrica chegou para mostrar que se locomover pode ser mais prático, econômico e sustentável. Ou seja, realizar as atividades diárias pode ser, sim, algo mais prazeroso.

E é isso que custa carregar uma scooter elétrica. Além da economia real no bolso, há ainda o valor agregado de todo o contexto.

Conheça agora mesmo o universo da mobilidade sustentável e se apaixone. 

Entre em contato agora mesmo e saiba muito mais do que quanto custa carregar uma scooter elétrica, seja parte da causa e adote um novo estilo de vida.

Veja ainda:

6 motivos para ter uma scooter elétrica
Por que comprar uma scooter em 2022?

 

Posts Relacionados

onde pode andar com moto elétrica
  • Data: 02.07.2022
  • Por: Por: administrador

Onde pode andar com moto elétrica? Descubra!

Rodovia, ciclovia, vias de trânsito rápido, ciclofaixa? Afinal, onde pode andar com moto elétrica? E também com scooter elétrica? É o que você descubrirá neste artigo.

Saiba Mais