Scooter elétrica vale a pena? Veja prós e contras antes de decidir

Scooter elétrica vale a pena: Veja prós e contras

28.09.2021 | Por: administrador

Voltar

Bateu aquela vontade de ter, mas você não sabe se uma scooter elétrica vale a pena? Veja o que considerar antes de decidir.

Combustível a R$ 7, horas de engarrafamento, transporte público caótico, aglomeração. Levando em consideração tudo isso, talvez você já tenha se perguntado: ter uma scooter elétrica vale a pena?

Veja só, uma pesquisa da Webmotors indicou que 87% dos brasileiros cogitam comprar um veículo elétrico no futuro. E que quase metade dos entrevistados acreditam no futuro da micromobilidade por meio de veículos sustentáveis e econômicos, como é o caso das motos elétricas.

Porém, a realidade desse mercado no Brasil ainda é nova, apesar de crescente. Por isso, é natural que muitas dúvidas surjam antes de responder se ter uma scooter elétrica vale a pena. 

A verdade é que vários fatores devem ser considerados antes da martelada final, e é sobre eles que vamos falar neste post.

Veja a seguir alguns prós e contras que separamos para que você mesmo decida se vale a pena investir em uma motoneta elétrica de acordo com a sua realidade.

3 vantagens da scooter elétrica que valem a pena

Vamos começar falando sobre os três principais benefícios que fazem uma scooter elétrica valer a pena, independente dos seus objetivos pessoais.

Ou seja, são fatos comprovados sobre as motos elétricas que podem ou não te ajudar na decisão, mas que, independente disso, eles existem.

Confira:

1-  Não poluem o meio ambiente

Não é novidade para ninguém que os veículos à combustão emitem os piores e mais nocivos gases do chamado efeito estufa. 

Esses gases são responsáveis pelo chamado aquecimento global, que não precisamos nem aprofundar aqui para que você saiba o poder de destruição deste efeito.

Tenho certeza que você tem sentido muito mais calor nos últimos tempos, não é mesmo?

Pois bem, os principais responsáveis por estas emissões são os veículos movidos à combustível, e que lotam as grandes cidades em trânsitos infernais.

A scooter elétrica não utiliza combustíveis fósseis para o seu funcionamento e, portanto, é a principal alternativa para a saúde do meio ambiente e, lógico, da sua também.

2- São econômicas

Em tempos de gasolina a R$ 7, quem tem uma scooter elétrica faz valer a pena o salário de todo mês. 😉

Só quem abastece com frequência o carro, sabe o enjoo no estômago que dá toda vez que vai até a um posto de gasolina. E se você é desse time, sabe bem do que estamos falando. 

Nesta realidade, ter uma scooter elétrica vale a pena porque simplesmente você nunca mais vai gastar com combustível.

Já imaginou a economia disso? Não? então faça você mesmo as contas!

Dependendo da autonomia da sua scooter elétrica, você consegue rodar de 40 a 150 km com apenas uma recarga?

E você aí pagando R$ 7 por litro para rodar nem 10 km!

3 – Não são barulhentas

Além de serem silenciosas, você ainda pode ouvir a sua playlist favorita conectada no bluetooth da sua moto elétrica.

Imagina só! 

Isso porque existem modelos de scooter que oferecem a conexão via bluetooth. Ou seja, a poluição sonora mandou lembranças!

Veja mais: Moto elétrica precisa de CNH?
As 7 maiores dúvidas sobre scooter elétrica

3 desvantagens das motos elétricas

Agora que citamos as 3 principais vantagens da scooter elétrica, vamos pontuar aqui três características que podem ser desvantagens na hora de considerar se comprar uma moto elétrica vale a pena.

1- São mais caras que as tradicionais

Não é uma regra, mas, dependendo do modelo, as scooters tendem a ser mais caras que as tradicionais, justamente porque são mesmo mais modernas e tecnológicas.

Os valores das scooters, como disse acima, variam a depender do tipo, mas em geral você consegue encontrar bons modelos a partir de R$ 9 mil.

Portanto, se você está com a grana um pouco curta, o quesito “preço” pode ser uma objeção para que você adquira a sua.

A boa notícia é que, sabendo disso, nós facilitamos ao máximo para você. Aqui na On the Go, você pode parcelar a sua moto elétrica em até 12 vezes sem juros e ainda tem o frete por nossa conta!

Ou seja, se falaríamos sobre 3 pontos negativos das scooters elétricas, você já pode tirar este!

Vamos para os próximos dois. 

😉

2 – Não atinge altas velocidades

É certo que algumas pessoas nutrem a paixão pelas motocicletas por causa da velocidade. Pilotar com o vento na pele a mais de 150, 200 km é adrenalina pura para os amantes de velocidade.

Mas as scooters elétricas não foram projetadas para atingirem altas velocidades, como acontece com as motos tradicionais. 

Via de regra, a moto elétrica alcança uma velocidade média entre 60 a 100 km/h. 

Portanto, se você busca apenas velocidade, a scooter elétrica deixa a desejar.

Mas neste artigo listamos outras 6 vantagens para investir na sua motoneta elétrica o quanto antes.

3- Autonomia da bateria

Não chega a ser uma desvantagem, mas é que se você acha que uma moto elétrica vale a pena para grandes distâncias ou para viajar, fique ciente que ela pode não ser a melhor opção.

Ou seja, uma dúvida muito comum dos potenciais pilotos de motos elétricas é: rodo quantos km com uma recarga?

Porém, a resposta, claro, depende muito do modelo da scooter. 

Em geral, as scooters costumam ter uma autonomia que vai de 50 km a 150 km com uma recarga.

Se você parar para analisar, são distâncias razoáveis se você mora em uma cidade grande. Nas grandes capitais, por exemplo, rodar 50 km por dia não é tão difícil, não é mesmo?

Agora, o que quero dizer é que se você pretende ou faz trajetos bem mais longos, ou quer pegar a estrada, a moto elétrica não é a mais indicada.

Veja também: Confira a autonomia e ficha técnica de 5 modelos de scooter.

Scooter elétrica vale a pena? Como decidir?

Pronto. Agora você ficou sabendo sobre 3 aspectos vantajosos da scooter e outros 3 nem tanto assim, mas ainda pode estar em dúvida.

Será que uma moto elétrica vale a pena para mim?

E mesmo que você tenha entendido que sim, como escolher a ideal para as suas necessidades? Fatores como o peso suportado, tipo de uso e, principalmente, fazer as contas devem ser analisados.

Por isso, vamos te ajudar a saber, de uma vez por todas, se uma scooter elétrica vale a pena para você.

  • Defina o tipo de uso:

Para que você quer uma scooter elétrica? Para trabalhar todos os dias, para trabalhar em alguns dias, apenas para lazer, para fazer entrega de encomendas?

Definir o tipo de uso é importante para que você defina em seguida o modelo ideal.

Ou seja, como dissemos acima, não é recomendado percorrer grandes distâncias com a scooter elétrica, por exemplo. 

Ou se você imagina que ela seria legal para te ajudar na entrega de encomendas, é importante, nesse caso, ficar atento ao peso suportado do  modelo em questão.

Se você pretende usar esporadicamente para lazer, de repente um modelo mais simples já te atenderia. 

  • Considere as especificações

Dos modelos mais simples aos mais robustos, as scooters são movidas a bateria recarregáveis que variam em suas autonomias.

Se você anda cerca de 50 km por dia, não compre um modelo com essa autonomia justa, por exemplo.

Características como peso suportado, modelo para um ou dois lugares ou se podem molhar são fatores essenciais que devem ser combinados com o tipo de uso que você definiu no tópico anterior.

Na dúvida, o mais interessante é conversar com especialistas para te ajudar na decisão.

  • Faça as contas

De longe, o critério que mais vai te mostrar se uma scooter elétrica vale a pena para você.

Bote na ponta do lápis: distância que você percorre por dia, valor do combustível atual, valor estimado do gasto com a recarga da scooter, valor da bateria, etc.

Será assim que você vai entender que investir R$ 8 ou R$ 10 mil em uma moto elétrica será vantagem para você a médio prazo, por exemplo.

Ou que no seu caso e para o tipo de uso que você precisa, um modelo mais em conta já é a solução.

Fazendo uma análise sobre essas três características e sobre os prós e contras de uma scooter elétrica, rapidamente você terá a sua resposta. 

Mas se você ainda estiver com dúvida sobre se a scooter elétrica vale a pena, entre em contato agora mesmo com o nosso time de vendedores. Estamos prontos para te ajudar nessa decisão.

Posts Relacionados