Hoverboard é perigoso? Conheça os riscos deste skate elétrico

Home / Scooter Elétrica / Hoverboard é perigoso? Conheça os riscos deste skate elétrico

hoverboard é perigoso
11 jan, 2023

Hoverboard é perigoso? Esta é uma das principais preocupações de quem está pensando em investir no equipamento.

Afinal, uma rápida pesquisa na internet já traz notícias e até vídeos sobre os diversos perigos do famoso skate elétrico.

Mas você sabe quais são esses riscos? E, principalmente, quais cuidados devem ser tomados para minimizá-los? É o que abordaremos neste artigo!

Hoverboard é perigoso?

Para começar, é importante salientar que, até hoje, o hoverboard não é regulamentado por nenhum órgão brasileiro.

Isso significa que, apesar da fabricação do equipamento já ter avançado, não há qualquer controle de qualidade no país.

Hoverboard: o que é, como funciona, preço, riscos, cuidados e mais

Além do mais, o próprio Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) não considera o hoverboard um brinquedo, tendo em vista que o aparelho ultrapassa os 8km/h.

Não é à toa que há recomendação de idade mínima e de peso mínimo e máximo para utilizá-lo. Sim, é isso mesmo que você acabou de ler.

Apesar de ser bastante utilizado pelo público infanto-juvenil, a verdade é que o hoverboard é indicado apenas para crianças acima de 12 ou 14 anos de idade.

Além do mais, grande parte dos modelos são indicados para pessoas que pesam entre 40kg e 120kg.

8 modelos que estão na lista de melhor hoverboard

Isso porque o equipamento depende da pressão exercida pela distribuição do peso nos eixos do hoverboard para funcionar.

Por essas informações, já deu para perceber que o equipamento pode não ser tão inofensivo quanto parece, não é mesmo?

Mas será mesmo que o hoverboard é perigoso? É o que você descobrirá a seguir.

Sim, o hoverboard é perigoso!

hoverboard é perigoso

É preciso ter em mente que o hoverboard oferece sim alguns riscos e que existe forma adequada de utilizar o equipamento

Apesar de ser visto por muitos apenas como uma opção de entretenimento, a verdade é que o hoverboard é perigoso sim.

Mas se você tem um equipamento desses ou está pensando em adquirir o seu, não significa que você terá que abandoná-lo ou até mesmo sair por aí em busca de outra opção.

A questão é que o equipamento oferece sim alguns riscos que devem ser considerados.

Como escolher hoverboard: 11 aspectos para observar

E caso a criança, jovem ou adulto não utilize o hoverboard de forma adequada, o perigo pode ser ainda maior.

Prova disso é que, cada vez mais, escutamos histórias de crianças que se machucaram enquanto brincavam com o equipamento.

6 coisas que você precisa saber sobre o hoverboard infantil

Afinal, para quem não sabe, o hoverboard pode atingir uma velocidade considerável, entre 12 e 20km/h, sendo equiparado a uma bicicleta, por exemplo.

Portanto, quedas podem acontecer e, inclusive estão entre os principais riscos, principalmente entre os iniciantes.

E o maior problema é que nem sempre tais tombos resultam apenas em leves escoriações.

Distensões, contusões, entorses e fraturas, principalmente de punho, antebraço e até cabeça, também podem acontecer.

Há casos, inclusive, que chegam a demandar internação hospitalar.

Hoverboard pode pegar fogo? Saiba mais sobre o perigo de incêndio e explosão

Mas as quedas e fraturas não são os únicos riscos oferecidos pelo skate elétrico. O hoverboard é perigoso, ainda, por conta do risco de incêndio e explosão.

Por mais que esses episódios venham se tornando cada vez mais raros, o perigo existe e não pode ser desconsiderado.

E isso se dá, principalmente, em virtude do superaquecimento ocasionado por baterias de baixa qualidade.

Um problema comum nos modelos paralelos ou mais baratos que não têm qualquer preocupação com segurança.

Hoverboard barato: quanto custa, onde comprar e quais cuidados tomar

Inclusive, há de se ressaltar que, neste caso, o risco de incêndio e de explosão existe, inclusive, quando o hoverboard está fora da tomada e até mesmo em movimento.

Por outro lado, não podemos deixar de pontuar que a falta de manutenção da parte elétrica também é um problema.

Assim como a sobrecarga do ponto de energia, geralmente acarretada pelo carregamento simultâneo de diferentes aparelhos.

Além do mais, deixar o hoverboard conectado na tomada por longos períodos também pode contribuir para o superaquecimento do aparelho.

Outra questão que merece atenção é a condição de uso do equipamento e, sobretudo, do carregador.

É comum vermos por aí carregadores gastos, com fios soltos ou problemas no conector, o que pode aumentar o risco de incêndio ou de explosão.

Por fim, não podemos esquecer que tais episódios ainda podem ser agravados por choques ou até mesmo queimaduras.

12 cuidados para evitar acidentes com o hoverboard

hoverboard é perigoso

Cuidados com o carregamento do hoverboard também são importantes para reduzir os riscos

Agora que você já sabe que o hoverboard é perigoso, é hora de entender o que pode ser feito para minimizar ao máximo os incidentes.

Confira, a seguir, 12 importantes cuidados que devem ser tomados em prol da sua segurança:

  1. Compre o seu hoverboard apenas de fabricantes conhecidos e em lojas confiáveis;
  2. Confira se o hoverboard possui alguma das certificações americanas: Comissão de Segurança de Produtos de Consumo (CPSC) ou UL 2272. São elas que comprovam que os equipamentos passaram por teste de segurança;
  3. Escolha modelos resistentes à poeira e à água, pois eles oferecem uma maior estabilidade;
  4. Invista em equipamentos de proteção, como capacete, cotoveleiras, joelheiras, munhequeiras e roupas apropriadas, principalmente quando estiver aprendendo;
  5. Verifique se a capacidade do equipamento é compatível com seu peso atual;
  6. Evite transitar em vias irregulares, terrenos íngremes, muito próximo dos carros e de locais que oferecem risco, como cozinha e piscina;
  7. Jamais suba no seu hoverboard com os pés molhados;
  8. Aguarde o equipamento parar completamente para só depois descer dele;
  9. Caso seu hoverboard esteja esquentando durante o uso, suspenda a utilização imediatamente e providencie outra bateria ou troque o próprio equipamento;
  10. Evite recarregar o seu hoverboard simultaneamente a outros aparelhos eletrônicos;
  11. Não exceda o tempo de carregamento. Assim que o hoverboard estiver totalmente carregado, retire-o imediatamente da tomada;
  12. Se acontecer do hoverboard pegar fogo, não jogue água no equipamento, principalmente se ele ainda estiver conectado na tomada. Utilize um extintor de incêndio e acione o Corpo de Bombeiros.

Agora conta pra gente, você já fazia ideia que o hoverboard é perigoso?

Posts recentes

Acessórios para scooter elétrica: tudo o que você precisa

Acessórios para scooter elétrica: tudo o que você precisa

fevereiro 21, 2024
Scooter por assinatura: conheça esta modalidade

Scooter elétrica por assinatura: conheça este modelo

fevereiro 20, 2024
Bicicleta elétrica em Goiânia: 10 motivos para ter a sua

Bicicleta elétrica em Goiânia: 10 motivos para ter a sua

janeiro 09, 2024

Tags

Você também vai gostar de ler