Bicicleta elétrica ou moto elétrica: qual é a melhor opção?

Home / Sem categoria / Bicicleta elétrica ou moto elétrica: qual é a melhor opção?

A midsection of businessman commuter with electric bicycle traveling to work in city.
09 jun, 2023

Veículos como bicicleta elétrica ou moto elétrica estão cada vez mais conquistando o mercado e as ruas, tanto das pequenas quanto das grandes cidades. 

E não apenas em virtude da alta dos combustíveis, mas, principalmente, pela série de vantagens que esse modal oferece.

O que são combustíveis fósseis? Entenda!

Como, por exemplo, facilidade, praticidade, agilidade, economia e sustentabilidade.

Por outro lado, com essa popularidade, também surgem muitos questionamentos sobre esses veículos.

Tais como: qual é a diferença entre bicicleta elétrica ou moto elétrica? Quais as vantagens e desvantagens de cada uma? Qual delas é a melhor para lazer? E para trabalho?

E é justamente sobre isso que falaremos neste artigo. Vamos lá entender, de uma vez por todas, esse universo?

Bicicleta elétrica ou moto elétrica: qual é a diferença?

Visualmente, a bicicleta elétrica ou moto elétrica se assemelham aos modelos à combustão.

Esta similaridade acaba gerando uma certa confusão sobre qual é a diferença, vantagens e desvantagens e como reconhecer quando um veículo é elétrico ou não.

7 benefícios da bicicleta elétrica que você precisa conhecer

Primeiramente, vale destacar que os veículos elétricos possuem diferenciações entre si apesar de terem em comum o fato de serem movidos à energia elétrica. 

Cada um deles possui suas próprias especificações, requisitos e regras de uso, como documentação e equipamentos necessários. 

Conhecer as particularidades da bicicleta elétrica ou moto elétrica vai te ajudar a tomar uma decisão mais certeira, conforme seus anseios e necessidades.

E, inclusive, evitar problemas como, por exemplo, colocar sua segurança ou a segurança de outras pessoas em risco. 

Tais como multas, apreensão do veículo e até mesmo a suspensão da Carteira Nacional de Habilitação.

7 tipos de veículos elétricos que você precisa conhecer

Bicicleta elétrica: o que é e como funciona

bicicleta elétrica ou moto elétrica

Além de motor elétrico, a bicicleta elétrica também conta com bateria removível

Para começar, vamos falar sobre a bicicleta elétrica. Aparentemente, ela até se assemelha à versão convencional. Entretanto, funciona de forma distinta.

Isso porque, originalmente, este modelo conta com um motor elétrico auxiliar que reduz o esforço do ciclista na hora de pedalar.

Ele também é dotado de pedal assistido, um sistema que garante que o motor só seja acionado a partir das pedaladas do ciclista.

Entretanto, para ser classificada como tal, a bicicleta elétrica não pode ter qualquer dispositivo de variação de velocidade e potência, como é o caso do acelerador.

Além do mais, não deve extrapolar velocidade e potência de 25 km/h e 350 watts, respectivamente.

Bicicleta motorizada e bicicleta elétrica são a mesma coisa?

Aproveitando o assunto, é importante esclarecer também que bicicleta elétrica e bicicleta motorizada não são a mesma coisa. 

As versões motorizadas contam com um motor movido a combustível, portanto, o ciclista precisa abastecê-la com gasolina para fazê-la andar.

Em contrapartida, apesar de não ser considerada uma opção eco friendly, ela é mais rápida, podendo atingir até 50 km/h. 

E também costuma ser mais barata que as versões elétricas. 

E ciclomotor, qual é a diferença?

Outro termo que também é conhecido nesse universo de bicicleta elétrica ou moto elétrica é o ciclomotor.

Apesar disso, nem todo mundo sabe muito bem o que ele significa. Então vamos lá acabar, de uma vez por todas, com esta dúvida. 

Vamos usar o exemplo de um veículo de duas rodas que, aparentemente, se parece com uma bicicleta elétrica.

Contudo, sua velocidade e potência são superiores a 25 km/h e 350 watts.

Neste caso, este veículo não pode ser chamado de bicicleta elétrica, tendo em vista que ele passa a ser classificado como ciclomotor. 

E o que muda na prática? Muita coisa. Além de registro e licenciamento, passam a ser exigidos maioridade do condutor e habilitação na categoria A ou ACC.

Conheça melhor a moto elétrica

Já a moto elétrica é aquela que possui motor elétrico e bateria no lugar do motor à combustão.

Baterias de lítio: conheça características, tipos, vantagens e desvantagens

Isso significa que, para fazê-la andar, o abastecimento com gasolina ou álcool não é necessário. Basta carregá-la na tomada, assim como fazemos com o celular.

Além do mais, não é preciso trocar marchas nesses modelos, apenas acelerar.

Quantos quilômetros roda uma moto elétrica? Descubra!

Ainda assim, as motos elétricas devem seguir as mesmas regras que as motocicletas à combustão.

Ou seja, além de emplacamento e licenciamento, o condutor precisa de Carteira Nacional de Habilitação na categoria A para circular em vias públicas.

O capacete de segurança, com viseira ou óculos protetores, também se faz necessário, inclusive para o passageiro.

Assim como segurar o guidom com as duas mãos e usar vestuário de proteção. 

Mas e a scooter elétrica?

bicicleta elétrica ou moto elétrica

Uma das diferenças da scooter elétrica está no seu design, que não conta com quadro central

Da mesma forma que muitas pessoas confundem bicicleta elétrica com bicicleta motorizada, há quem ache que moto elétrica e scooter elétrica são a mesma coisa. 

Mas a verdade é que elas também possuem diferenças entre si. A começar pelo design.

Neste modelo, não há quadro central. Desta forma, o motor elétrico costuma ficar acoplado à roda traseira, enquanto as baterias ficam na plataforma.

Impacto das scooters elétricas na mobilidade urbana

Outrossim é que a scooter elétrica possui potência e velocidade inferiores do que a moto elétrica. 

Via de regra, elas costumam atingir até 50 km/h e suportam até 140 kg, incluindo condutor, passageiro e carga.

Outra diferença é que a ACC (Autorização para Conduzir Ciclomotor) também é aceita neste caso. 

Em contrapartida, este modelo também demanda emplacamento, licenciamento e equipamentos de segurança.

Bicicleta elétrica ou moto elétrica: qual escolher?

Agora que você já sabe o que é e como funciona a bicicleta elétrica ou moto elétrica, é hora de entender qual delas é mais indicada para cada caso.

De forma geral, a bicicleta elétrica é uma boa opção para quem percorre curtas e médias distâncias.

Além do mais, ela costuma ser considerada uma alternativa mais econômica do que a moto elétrica.

Isso porque, além de geralmente custar pelo menos metade do preço de uma moto elétrica simples, o condutor não tem gastos com taxas, multas, estacionamentos, etc.

Moto elétrica pode levar multa? Informe-se a respeito!

Em contrapartida, para quem percorre distâncias mais longas, talvez seja mais indicado investir em uma moto elétrica. 

Afinal, sua autonomia, potência e velocidade são superiores. Desta forma, o condutor consegue chegar mais rapidamente ao seu destino. 

Por outro lado, é preciso ter em mente que as despesas serão superiores, inclusive porque o emplacamento e o licenciamento são indispensáveis neste caso.

Agora conta pra gente qual é a sua escolha: bicicleta elétrica ou moto elétrica?

Posts recentes

Acessórios para scooter elétrica: tudo o que você precisa

Acessórios para scooter elétrica: tudo o que você precisa

fevereiro 21, 2024
Scooter por assinatura: conheça esta modalidade

Scooter elétrica por assinatura: conheça este modelo

fevereiro 20, 2024
Bicicleta elétrica em Goiânia: 10 motivos para ter a sua

Bicicleta elétrica em Goiânia: 10 motivos para ter a sua

janeiro 09, 2024

Tags

Você também vai gostar de ler